www.tisaeducacao.com.br

www.facebook.com/tisaeducacao

2 maneiras de usar a aprendizagem baseada em jogos

Você sabe exatamente o que é o aprendizagem baseada em jogos? Na sua opinião seria uma sala cheia de estudantes jogando videogame? Seriam jogos projetados pelos estudantes? Ou seriam ambas as opções?

Existem várias estratégias para “gameficar” sua aula! E o melhor de tudo é que você pode combiná-las. Ou seja, ambas as opções podem ser utilizadas como suportes pedagógicos no processo de ensino e aprendizagem.

O foco deve estar em criar significância para a aprendizagem. Ou seja, em bons jogos que ofereçam experiências imersivas para os estudantes. Assim como os livros, filmes, teatro e outras mídias, os jogos podem ser suportes educacionais de alta qualidade. Permitindo que os estudantes acessem um conteúdo e desenvolvam as competências elencadas pela área de estudo.

No intuito de ajudá-lo a “gameficar” sua aula, nós disponibilizamos a seguir, 2 maneiras de usar aprendizagem baseada em jogos como abordagens que podem ser incorporadas e misturadas para você trabalhar em sua sala de aula.

Experiência compartilhada e modelagem

Durante a conferência de Educação da Sociedade Internacional de Tecnologia em 2015, Benjamin Stokes comparou a experiência de jogar à uma jornada de visita ou saída de campo. Ou seja, com uma ida à campo, você primeiro deixa os estudantes saberem o que esperar e depois lhes dá liberdade para explorar um local fora da escola. De volta à sala de aula, você facilita as conexões com o conteúdo a ser trabalhado.

Jogos, assim como as saídas de campo, fornecem significado para os estudantes. Pois eles permitem visualizar e conectar os conceitos com a prática. Além de estimular a colaboração, a comunicação, a criatividade e a tomada de decisão.

Trabalhar com suporte de jogos que permitam aos estudantes construírem edificações e estruturas, por exemplo, como o Minecraft (disponível somente para os EUA), Unturned ou Trove, possibilitam trabalhar com aspectos locais ou globais relacionados à biologia, geografia, história, português, matemática, artes, entre outras disciplinas. Estes recursos, por sua vez, podem e devem ser complementadas por informações que permitam modelar sistemas do mundo real.

Significando a Aprendizagem com Jogos

Assim como acontece com filmes, brincadeiras e aulas, o que determina o “sucesso” de um jogo é o seu enredo. Nesse sentido é recomendado dominar a técnica de narração, conhecida como “storytelling”.

Conheça o curso prático sobre como aplicarStorytelling na Educação.

Incorporar a aprendizagem baseada em jogos não precisa necessariamente utilizar tecnologias para engajar os estudantes. Você pode combinar recursos (exemplos do que está sendo trabalhado) e se aliar a outros colegas professores para criar uma estória ou história, com personagens, ambientes e trama.

Em seguida, você desafia os estudantes a criarem o jogo de tabuleiro ou digital. Para o jogo digital, nós aconselhamos o uso do Game Maker que permite criar jogos sem escrever uma única linha de código (consultar vídeos no Youtube).

Para avaliar o aprendizado na aprendizagem baseada em jogos, além dos métodos tradicionais, você pode usar aplicativos digitais de avaliação (Office 365, Google Docs, SurveyMonkey, Typeform etc). Aí você pode inserir perguntas que relacionem o conteúdo trabalhado e construído no jogo. Além disso, você também pode inserir “capturas das telas” e adicioná-los ao documento.

Jogos como modelos pedagógicos

Utilizar atividades que envolvam o ensino e aprendizagem por meio de jogos permitem que os universos dos conteúdos trabalhados sejam explorados com mais profundidade e de modo mais lúdico, criando uma experiência mais significativa.

Ao incorporar essa prática à sua aula, faça um planejamento prévio e tente realizar testes com pequenos grupos voluntários. Assim você mapeia os erros e mitiga os riscos que possam interferir nos objetivos de aprendizagem.

Lembre-se: Pense em como será feito o acompanhamento e avaliação das atividades. E também, não deixe de fazer um alinhamento dos conteúdos com o currículo e a coordenação pedagógica.

Com essa abordagem aprender se torna sinônimo de diversão!

Que tal saber mais sobre os desafios da educação na era digital? Acesse o curso gratuito “Professores do Século 21” e continue sua jornada de inovação na educação!

8 thoughts on “2 maneiras de usar a aprendizagem baseada em jogos”

  1. Um, texto que me fez pensar na forma como eu estou analisando as coisas,conteúdo de ótima redação ,o site está de parabéns mesmo .eu como mero vendedor de guarda chuvas no brasil estudando para ser alguem melhor ,só posso dizer que sites como este fazem o brasileiro tentar a se esforçar para crescer pois tem um conteúdo notável ,com informações úteis de cunho social,moral e politico e que realmente fazem a diferença principalmente no nosso dia dia por exemplo eu um micro empresário individual do ramo de guarda chuvas ,pelo amor de deus jamais deixe de lado este projeto ok “o site”.

Deixe uma resposta