www.tisaeducacao.com.br

www.facebook.com/tisaeducacao

Como incorporar o storytelling na sua aula

Você sabe o que é storytelling? Sabe como incorporá-lo na sua aula?

A técnica da narrativa ou storytelling (inglês) é utilizada desde os primórdios da humanidade para o compartilhamento de informações entre pessoas e grupos. Ou seja, ela faz parte da comunicação. E utiliza uma narrativa fluida e envolvente, para contar sobre pensamentos, ideias e fatos.

Em outras palavras, storytelling é um ato de contar histórias. Mas, com técnicas para criar uma conexão emocional com o público, compartilhando conceitos, boas práticas e atitudes desejáveis. Sendo estimulante para que sujeitos e grupos assimilem as informações relatadas na narrativa e incorporem boas práticas.

Com a utilização de um roteiro para criar o “climax” e prender a atenção do público, a técnica permite que se desenvolva significância no processo de ensino e aprendizagem. Funciona de modo semelhante ao contar para alguém sobre um filme. Mas, a diferença é que todo o processo é feito de modo estruturado e com foco no(s) objetivo(s) de aprendizagem.

Aplicativos de storytelling para educação

O desenvolvimento da tecnologia digital e a relevância dos aspectos socioemocionais na educação criou um contexto ainda mais favorável do storytelling como abordagem do processo educativo. Pois, este passou a contar com recursos e suportes tecnológicos que permitem incrementá-la com a incorporação de imagens, áudios, desenhos, entre outros. Com isso, consegue-se enaltecer o foco na aprendizagem e na criação de conteúdo relevante. Assim como tornar o compartilhamento rápido e fácil por parte dos estudantes.

Independente do suporte utilizado, a principal característica para fazer o storytelling é ser autêntico. Como as ferramentas audiovisuais ajudam a materializar a história, tornando-a mais envolvente e cativante, compartilhamos a seguir algumas dicas de aplicativos para você incorporar essa técnica na sua aula:

CANVA – Plataforma que permite criar uma narrativa com a edição de fotos e imagens.


UTELLSTORY – Plataforma online que permite contar e compartilhar histórias com fotos, vídeos, áudio e animações. 


PIXTON – Plataforma online com ferramentas simples e intuitivas para criar quadrinhos de forma fácil e rápida.


LITTLEBIRDTALESPlataforma que permite gravar a voz associando à um vídeo, imagens e sons. 


STORYBIRD – Plataforma intuitiva que permite criar, salvar  e compartilhar histórias com imagens memoráveis.


THINGLINK – Plataforma que oferece a oportunidade do sujeito adicionar textos e vídeos nas imagens para deixá-las interativas.


COMIC CREATOR – Plataforma para criar tirinhas de desenhos em quadrinhos que não requer cadastro.

TOONDOO – Plataforma que traz diversas opções de criação, através de uma interface colorida e simples de usar.


STRIPCREATOR – Plataforma que permite a criação e compartilhamento de tirinhas. Os personagens e planos de fundo são divididos em diferentes categorias, o que deixa o acesso mais rápido.


STORIFY – Plataforma que permite criar histórias, buscar imagens e vídeos (google e Youtube), além de integrar postagens de redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram).


TIMETOAST – Plataforma que permite criar histórias cronológicas, ou seja, é possível elencar os textos e fotos em uma linha do tempo interativa.


Estudantes = PROTAGONISTAS

Incentive o protagonismo dos seus estudantes solicitando que eles pesquisem e criem histórias sobre os conceitos trabalhados por você. Eles podem desenvolver um cordel, uma fábula, um jogo, um áudio ou um vídeo contando tudo o que aprenderam da maneira que a criatividade lhe permitir criar.

Já imaginou quanto conteúdo rico é possível surgir? “A viagem da célula ao corpo humano”. “Um dia de invertebrado”. “Diário de um advogado”. “Curtindo cálculo adoidado”.

Como dica para criar boas histórias, recomendamos utilizar alguns enredos que prendem a atenção do público, ao trabalhar com arquétipos.

#Exemplo 1 – Missão – Uma saga para recuperar ou alcançar o objetivo desejado, cheia de desafios e adversários.

#Exemplo 2 – Tragédia – Descrição de acontecimentos terríveis e de efeitos negativos que podem acontecer.

#Exemplo 3 – Superação – A famosa luta do bem contra o mal. A defesa contra injustiças e a vitória contra as adversidades.

#Exemplo 4 – Comédia – Situações engraçadas, atrasos e confusões malucas que terminam com finais felizes.

#Exemplo 5 – Amor – A união faz a força! Junções químicas, físicas, linguísticas e de outros elementos tornam tudo atraente.

Além disso, adaptar grandes sucessos literários, de filmes e jogos eletrônicos podem ser uma ótima alternativa como plataforma para adaptar e compartilhar informações e atitudes. Bem como também podem ser pontos iniciais para desenvolver habilidades.

História para comunicar, inspirar e aprender

O movimento TISA Educação 3.0 fomenta a inovação e o uso da tecnologia em sala de aula. Se você está em busca de boas práticas e/ou tem histórias que inspiram, compartilhe conosco! Deixe seu comentário abaixo e visite-nos no facebook.

As redes sociais podem ser excelentes suportes para o desenvolvimento de atividades que utilizem o storytelling como abordagem para o ensino e a aprendizagem. Conheça mais potencialidades e práticas voltadas para a sala de aula, baixando o nosso e-book gratuito “Educação Ubíqua e Redes Sociais – Facebook e WhatsApp em Sala de Aula

Deixe uma resposta